Rules for whom don't think

RULES FOR WHO DON'T THINK: IF YOU DON'T LIKE WHAT I HAVE WRITTEN HERE: DON'T COME YOU HERE! EASY LIKE THIS!

Wednesday, November 21, 2007

Absurdo...

Menina de 15 anos presa em cela com 20 homens no Pará diz ter mantido relações sexuais em troca de comida

Publicada em 21/11/2007 às 09h19m
TV Globo; O Globo Online
RIO - A jovem de 15 anos que foi mantida numa cela com 20 homens por cerca de um mês em Abaetetuba, no nordeste do Pará, disse ao Conselho Tutelar que era obrigada a manter relações sexuais em troca de comida. Os relatos da adolescente, detida por furto, foram transcritos e serão encaminhados ao Ministério Público. Nesta quarta-feira, os conselheiros vão denunciar o caso a um promotor.
Os conselheiros chegaram até a delegacia de Abaetetuba após receber uma denúncia anônima. Ela foi liberada e está num abrigo, onde receberá apoio psicológico. O superintendente da Polícia Civil da cidade alega que não sabia que a jovem era menor de idade.
" Se ela dissesse que era de menor seria dado um outro procedimento "

- Se ela dissesse que era de menor seria dado um outro procedimento - diz Fernando Cunha, que tem uma cópia da certidão de nascimento da adolescente. - Não existe ala destinada a mulher - completou Cunha.
Os conselheiros conversaram com a menor e disseram que ela sofreu nas mãos dos presos.
- Ela se submetia a abuso sexual. Mantinha relação sexual com os presos em troca de comida, porque até então ela não tinha parentes que tinham conhecimento da situação em que ela se encontrava - conta Diva Andrade, conselheira tutelar.
Celina Hamoy, representante do Centro de Menores, disse que a menina deveria ter sido apresentada aos pais quando foi detida.
- Deveria ter sido feito o termo circunstanciado na delegacia e então no primeiro dia útil levaria-se ao Ministério Público, se fosse o caso, para apuração do ato infracional - explica.
Na terça-feira, o presidente nacional da Ordem dos Advogados do Brasil, Cezar Britto, classificou de "hedionda e intolerável" a situação da menina.
" É algo impensável no mundo moderno "

- É algo impensável no mundo moderno, além de um grave ataque ao sistema constitucional brasileiro. O episódio é gravíssimo, por não se reconhecer no Brasil os direitos das crianças e adolescentes, o tratamento especial que elas devem receber do Estado, que não pode tratá-las como se fossem marginais - disse Britto, que pretende levar o tema para discussão na Comissão Nacional de Direitos Humanos do Conselho Federal da OAB.


E hoje tem post coletivo sobre Prevenção da Dengue. Não tive como postar, então visite o blog da Meiroca (link aqui do lado) e vai ver os mais de 80 blogs que estão participando.



No comments: