Rules for whom don't think

RULES FOR WHO DON'T THINK: IF YOU DON'T LIKE WHAT I HAVE WRITTEN HERE: DON'T COME YOU HERE! EASY LIKE THIS!

Thursday, January 10, 2008

Dias...

Vem e vão! Rápidos??? Esta palavra não sintetiza tudo. Mas vamos usá-la. Afinal eu preciso escrever aqui e não ficar só colocando posts prontos certo??? Qual a graça disto, cabecinha de minhoca??? Pois é vamos lá!
E nestes dias rápidos o que sucederam?

Ah teve um pouquinho de tudo, e Graças a Deus.!!!!

Teve encontro com a Família da Holanda em Dubai para o Natal, teve aniversário da sogra, teve e-mail de amigo que não escrevia a século. Teve muito trabalho para marido. Teve visitas de amigos do México, do Kweit. Teve idas e vindas para o Rio. Teve momentos muito bons curtindo nossa casinha que precisam de reformas urgentes... mas que ainda assim amamos estar nela.

E teve muitas procuras por apartamentos no Rio que desencadearam em alguns altos bate-papos assim:

_Senhora, eu liguei ontem e também duas vezes na semana passada a respeito de um anúncio que está também no jornal de hoje.

_ Ah sim, Sra. Virginia, a senhora pode me dar o número do telefone da senhora que eu retorno.

_ Posso sim. Eu pude lhe dar o número nas outras 03 vezes que eu liguei somente a senhora não me retornou. Ai todo dia, eu “roubo” os classificados do jornal do Hotel e me deparo com o mesmo anúncio (diga-se de passagem é o anúncio perfeito para o que estamos procurando mas que agora nem sei se quero mais) mas quando ligo a senhora nunca pode falar e pede meu número e não retorna.

_ Me desculpe senhora Virginia, estes dias foi uma loucura, a senhora me deixa o número e eu retornarei pois agora a bateria do meu celular está acabando (diga-se de passagem a mesma desculpa usada na semana passada) mas assim que eu posso recarregá-lo eu retorno para a senhora.

Telefone dado – ligação retornada?! Claro que não.

Ah foi somente esta não:

_ Oi boa tarde Sr Corretor, eu estou ligando, porque haviamos solicitado informações e fotos do Apartamento tal da Rua XXXXX e o senhor nos mandou os dados do Apartamento da Rua YYYYYYYYY que é de outro Bairro que não tem nada haver com o que pedimos (e queremos visitar)

_ Ah... pois é senhora Virginia, mesmo este que lhe mandei, ele tem muito mais haver com o perfil da senhora e do seu marido. (Detalhe ele nem se quer nos viu ou falou pessoalmente conosco até aquele momento) Este que a senhora pediu, (voz de PRESTA ATENÇÃO aqui ó minha filha) não está no seu perfil não, ele é um apartamento novo. Tem segurança 24 horas, é um apartamento muito (repetiu) muito bom.

_ Mas senhor Corretor, nós vimos o preço dele no anúncio, inclusive das taxas, nós conhecemos a Rua e foi por isto que pedimos dele.

_ Ah!! Então senhora quer deste, mesmo não estando no seu perfil? Tá bom eu vou pedir para mandar.

Recebi não!

Será alguém pode explicar como funciona?
Tá achando pouco? Tem mais nesta saga

Fui visitar um apartamento que fica aproximamente umas 12 quadras do Hotel. Aproveito para um reconhecimento da àrea, gosto de caminhar para conhecer. E assim dá para visitar um outro apartamento no meio do caminho que tem a chave com o porteiro. Ida tranqüíla. Prédio antigo. Porteiro educado. Elevador velho. Muito velho...sabe àqueles que dão um “solavanco” quando finalmente pára? E quando abre a porta está um pouquinho abaixo até do nível da porta? Pois era deste... nada demais até aí né?! Afinal, aquele “solavanco” - gente esta palavra existe sim e está definida no dicionário como: balanço imprevisto ou sacudidela brusca de um veículo; sacão, abanão - então aquele “solavancozinho” de nada, acontece com todos que usam o elevador. E ai você só vai começar a pensar em outras palavras, como dor de matar, quando você não consegue andar mais na rua e sai escorando de grade em grade de prédio, até um porteiro chamar um Táxi para você e um dia depois a médica ao lhe aplicar uma injeção, lhe explica que a sua coluna sofreu um espasmo ou contracção muscular involuntária com aquele solavancozinho de nada. E ai você começa a pensar em outras palavras... mas deixa pra lá né.!!!

Mas faz parte peão!!! E como diz a música:

Eu fico com a pureza da resposta das crianças
É a vida, é bonita, e é bonita (no gógó!!!)
Viver
É não ter a vergonha de ser feliz
Cantar e cantar e cantar
A beleza de ser um eterno aprendiz
Ah! Meu Deus, eu sei, eu sei
Que a vida devia ser bem melhor e será
Mas isso não impede que eu repita
É bonita, é bonita, é bonita

No comments: