Rules for whom don't think

RULES FOR WHO DON'T THINK: IF YOU DON'T LIKE WHAT I HAVE WRITTEN HERE: DON'T COME YOU HERE! EASY LIKE THIS!

Thursday, November 25, 2010

Rio; Esta guerra é minha também...

O Rio está em Guerra sim! E o povo se nega a assumir sua parte de responsabilidade. Se nega a se desfazer da ficção e encarar a realidade. Me dói, me estarrece ver o comportamento das pessoas. No twitter, Facebook, AGENCIAS DE PUBLICIDADES, Blogs e outros por ai, vejo tanta alienação!

Você escuta, lê: "eu não uso drogas", "eu não compro pirata", "eu não financio o crime", - então - eu não tenho nada haver com o que está acontecendo!
Você tem! Eu tenho! Você que não mora no Rio, também tem. Você que mora fora do Brasil, você tem! Você e eu fazemos parte da fonte que gera a maior parte dos males que atravessam este nosso Brazil-zão: A corrupção.
Porque você se cala! Você aceita que seus filhos, sobrinhos, netos, irmãos, primos e até você mesmo, faça parte de um sistema educacional de merda, e você não faz nada a respeito.
Você e eu somos corrompidos ao ponto de acreditarmos que não podemos fazer nada.
Você e eu somos corruptos porque calamos nosso protesto interno e nos desculpamos! Você e eu erguemos nossos muros de defesa dizendo: "Eu não votei neles", "Eu não faço parte desta classe alta que massacra" (como se existisse somente uma classe alta e uma miserável" "Eu trabalho e pago impostos" (como se isto te isentasse de fazer parte, de querer o melhor. De não se corromper escondendo atrás deste argumento.
Não importa!!! Não importa onde você, ou eu moramos, não importa onde você, ou eu estamos, não importa a qual classe pertencemos ou para qual Deus você ora e eu rezo, se você é mais consumista ou não do que eu sou, se votamos no Lula/Dilma/Cabral ou não, no fim, isto realmente não importa porque se eu também não fiz nada para melhorar nossa sociedade como um todo, eu também faço parte e sou responsável por esta guerra sim.
Eu e você não estamos isentos! Se somos quem dizemos ser, temos que nos responsabilizarmos sim! E não só agora, durante a guerra, mas todos os dias.

Baseado no Texto já publicado aqui: É você menos violento do que eu?

1 comment:

Thaís Gáspio said...

Muito bom, Vivi...
Metemos o pau nos políticos, mas esquecemos de que eles só refletem a cultura de um povo, do qual eles são provenientes!
Sim, temos de nos unir, melhorar o "pequeno mundo" ao nosso redor, sermos ativistas. Estamos letárgicos! Esperamos cair do céu.
Mas valeu a sua a sacudida, Vivi! Isso nos acorda um pouco mais; nos fará refletir e, tomara, que isso se torne ação.
Vou fazer minha parte.
Beijo grandão.
Thaís Gáspio.